sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

BEIJO


 
Dois corações trémulos e ardentes.
Dois mundos iguais e tão diferentes.
Dois lábios,
Dois impulsos.
Tudo e nada,
Tudo que se pode ter,
E nada que se tem.
Beijo...
Orvalho da manhã,
Fresco,
Puro,
E sereno.
Valpaços  18-4-1998 MC.BATISTA

Sem comentários:

Enviar um comentário